logo-lobo-yingyang-kc

Peça
convite
grátis!

o que é  >  a associação

quem somos e o que fazemos

o que somos

Os perigos de hoje são reais e as probabilidades de se verificarem a qualquer momento são muito elevadas. A policia não está (nem pode estar) em todo o lado. Alias, um prevaricador não actuaria na sua presença.

Identificámos que um treino que privilegia a condição física, a força e a velocidade não permite atingir os desejáveis níveis de qualidade, por quatro ordens de razão:
- sobrecarga física causa muitas lesões;
- tende ao embrutecimento da mente;
- utiliza respostas mecanizadas que são desajustadas às situações reais;
- resulta numa consequência evidente e inevitável de transformar as vítimas (nós) em agressores em muitos casos (por excesso de legitima defesa).

Tivemos, por isso, de mudar e de evoluir. Fizemo‐lo através dum continuado estudo da problemática da violência, crimes e diferendos menores; da inclusão da Física e Biomecânica e dos contributos dos nossos docentes e alunos.

cardsDeste esforço resultou o actual Sistema DPKC, um sistema sem violência, assente na prevenção, em aptidões mentais e virado para uma defesa racional, proporcional e dentro dos limites da lei (limites a que a própria policia também está vinculada), que é o que um treino para defesapessoal deve preconizar.

Só um ‘test drive’ fornece o veredicto de uma escolha em consciência. (veja academias)


Conheça toda a nossa história em : (linkedin) historia adpp

testemunhos dos alunos

    • "Estou mais calmo e paciente"
    • "Antes de notar qualquer diferença, já a minha esposa afirmava que estava mais calmo e paciente para com o nosso filho de quatro meses."
    • por Sérgio Gonçalves - Castelo Branco
    • "Ajudou-me na regularização dos meus horários..."
    • "Ajudou-me na regularização dos meus horários de descanso e no aumento da concentração no exercício da minha actividade profissional."
    • por Pedro Cravo - Castelo Branco
    • "Aprender a detectar situações de perigo..."
    • "Aumentar a auto-confiança. Aprender a estar atento (a prevenir), a detectar situações de perigo e a estar preparado para agir em caso de extrema necessidade. "
    • por Pedro Oliveira - Lisboa